Banco da Amazônia realiza ato público com assinatura de convênios

Parceria garante fortalecimento da agricultura familiar (Foto: Diego Gurgel/Secom)
Parceria garante fortalecimento da agricultura familiar (Foto: Diego Gurgel/Secom)

Na manhã desta terça-feira, 18, foi realizada solenidade em que o Banco da Amazônia apresentou balanço de resultados de 2013, firmando protocolo de intenções com o governo do Estado e a renovação do convênio com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater).

Foi realizado ainda ato público de contratações de créditos por empreendedores locais, registrando o desenvolvimento econômico do estado nas áreas de agricultura familiar, piscicultura, suinocultura e pecuária.

O auditório da Biblioteca Pública de Rio Branco reuniu um público de empresários, federações, associação comercial, consultores e representantes do Incra, Sebrae e do banco, como o presidente, superintendente e gerentes locais. Uma das assinaturas de contratação foi a realizada por Ana Braga, que representa a cooperativa de pescadores. “Esse investimento vai ser uma bênção. Vamos poder comprar suplementos, malhadeiras e muitos itens para fazer a pesca desenvolver e nossa renda crescer”, declarou.

O recurso vai beneficiar mais de mil pescadores, de rio e açudes, que vão ter mais meios para sustentar suas famílias.  Outro exemplo foi a contratação do projeto de ampliação de suinocultura das empresárias Andrea Flores e Kristiene Monezzi. O montante é superior a R$ 4 milhões, investimento importante para a consolidação da exportação de carne suína para a Bolívia e Peru.

O secretário de Estado de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof) e presidente da Emater, Lourival Marques, destaca que as assinaturas favorecem os produtores do estado. “Em todos os programas de governo o crédito está envolvido como suporte”, disse. O que reforçou também o vice-governador César Messias: “O Banco da Amazônia faz parte da história do Acre, e continuamos vendo-o fazer um trabalho sem distinção, apoiando os grandes e os pequenos negócios, que estão progredindo e se tornando grandes”.

A assinatura do convênio para a execução de Programa de Assistência Técnica aos Empreendimentos Rurais Financiados com a Seaprof determina, entre outras responsabilidades, a de elaborar projetos e prestar assistência técnica aos empreendedores financiados pelo banco.

O balanço de 2013 é também um destaque da reunião, porque o desempenho do Banco da Amazônia foi recorde: “Somente os recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte [FNO] foram R$ 312,48 milhões, o que significam que a política de incentivo é o principal agente de fomento do governo federal na região”, explica o presidente do Banco da Amazônia, Valmir Rossi.

balanco 2013

O protocolo de intenções assinado entre a instituição financeira e o governo foi elaborado conjuntamente com secretarias de estado e parceiros, trazendo um volume de recursos de acordo com a realidade do avanço econômico vivido principalmente pelos produtores rurais. Por isso mais de R$ 400 milhões estarão disponíveis nas diferentes linhas de crédito do banco no Acre.