Consciência ambiental

Alunos do Clícia Gadelha recolhem mais de uma tonelada de garrafas pet

Além de recolher as garrafas, os alunos também conversam com os moradores para ajudar na preservação do meio ambiente (Foto: Mardilson Gomes/SEE)

Os alunos do terceiro ano da Escola Pública Estadual Clícia Gadelha encerraram o projeto “São Francisco sem Pet”, com o recolhimento de uma tonelada de garrafas descartáveis. A atividade foi coordenada pela professora de biologia Giuliana Santi.

De acordo com o diretor da escola, professor Cleilton Amaral, ao longo de três meses os alunos juntaram o material e tudo foi levado para a escola. Nesta terça-feira,  os alunos do período da tarde realizarem o recolhimento do material descartável.

“Fizemos a pesagem e chegamos a uma tonelada. Acreditamos que, com a participação dos alunos do turno da tarde, chegaremos a 1,3 tonelada de garrafas pet tiradas das ruas e do igarapé”, afirma.

Agora, todo esse material será vendido para a Associação Catar e parte dos recursos arrecadados com a ação será destinada ao projeto de proteção às tartarugas no Vale do Juruá.

Na primeira edição do projeto, realizado no ano passado, Amaral explicou que foram tirados das ruas 500 quilos de garrafas pet. Os alunos, além de recolher o material, aproveitam a oportunidade para conversar com os moradores sobre a necessidade de manter a cidade limpa.

“Como os alunos também são parte da comunidade, chamamos todos para aderir a este projeto, o que acaba por virar uma cadeia para que as pessoas não joguem mais lixo no meio da rua”, comentou o diretor.