Acre recebe “Caminhada Rumos” nesta segunda-feira

O Cine Teatro Recreio, recebe nesta segunda-feira, 16, a partir das 19h, a Caminhada Rumos, uma parceria do Itaú cultural e Fundação Eias Mansour.  A proposta é apresentar o edital aos artistas, pensadores, pesquisadores, gestores da cidade e interessados no assunto, esclarecer dúvidas e trocar informações. Criado há 22 anos, o Rumos é um dos primeiros editais do Brasil. O projeto fundado em 1987 fomenta a produção e a difusão de trabalhos de artistas, produtores e pesquisadores brasileiros.

As inscrições estão abertas desde o dia 3 de setembro, e devem ser efetuadas exclusivamente pelo site rumositaucultural.org.br até as 23h59 de 18 de outubro – horário de Brasília. Para explicar como funciona, uma equipe do Itaú Cultural percorrerá todas as regiões do Brasil.

Até o dia 11 de outubro, terão passado por 27 capitais de modo a abranger todos os estados e regiões do Brasil. A atividade já esteve em Cuiabá (MT), Porto Velho (RO), Teresina (PI), São Luís (MA) e Belém (PA). Em todas as cidades, os encontros contam com interpretação em Libras, a Língua Brasileira de Sinais.

As inscrições estão abertas desde o dia 3 de setembro, e devem ser efetuadas exclusivamente pelo site rumositaucultural.org.br até as 23h59 de 18 de outubro – horário de Brasília Foto: Marcos Vicentti/Secom

Para o chefe do Departamento de Políticas Culturais da FEM, Diego de Negreiros, essa parceria vem fortalecer a cultura no Estado, assim como fomentar o trabalho artístico, sendo de fundamental importância essa ação. “Essa é mais uma forma de apoiar a cultura, dando oportunidades de apresentar seus projetos e dando o real incentivo para a classe,” destaca Diego de Negreiros.

Sobre o Rumos Itaú Cultural

Um dos maiores editais de financiamento de projetos culturais do país, o Programa Rumos, é realizado pelo Itaú Cultural desde 1997, fomentando a produção artística e cultural brasileira. A iniciativa recebeu mais de 64,6 mil inscrições desde a sua primeira edição, vindos de todos os estados do país e do exterior. Destes, foram contempladas mais de 1,4 mil propostas nas cinco regiões brasileiras, que receberam o apoio do instituto para o desenvolvimento dos projetos selecionados nas mais diversas áreas de expressão ou de pesquisa.

Os trabalhos resultantes da seleção de todas as edições foram vistos por mais de 7 milhões de pessoas em todo o país. Além disso, mais de mil emissoras de rádio e televisão parceiras divulgaram os trabalhos selecionados. Entre os critérios para a seleção, destacamos singularidade, relevância e consistência.