Acre implementa Política de Atendimento em todo o Estado

Equipes da SGA percorrem os municípios levando palestras e oficinas a servidores para melhorar o serviço

sidia_01.jpg

Servidores públicos participam de palestras e oficinas que têm objetivo de melhorar atendimento ao público (Foto: Assessoria/SGA)

Ao som da música Guerreiro Menino, de Gonzaguinha, a equipe da diretoria Organização em Centros de Atendimento (OCA) da Secretaria de Estado da Gestão Administrativa, , percorre a capital e o interior do Estado promovendo debates com os servidores públicos da Saúde, Detran, Sefaz, SGA e do Instituto de Identificação. O que leva esta equipe a se deslocar para onde estão os servidores públicos estabelecendo discursos sobre ética na função pública, a necessidade sonhar um atendimento humanizado e solidário usando música, dança e representações teatrais  é a força e a originalidade de um decreto assinado pelo Governador Binho Marques, em 30 de agosto de 2008 que define premissas e diretrizes de uma Política de Atendimento para os órgãos do Estado.

Em visita aos municípios de Cruzeiro do Sul, Xapuri, Sena Madureira, Brasiléia e Epitaciolândia as visitas são realizadas de forma singular e simples, despretensiosa mas ousada, finca os fundamentos éticos nos quais o atendimento público deve balizar-se.    Até hoje, mais de mil servidores públicos participaram destas oficinas. Outros virão. A partir destas sessões de trabalho, em que os servidores públicos expressam suas idéias sobre os obstáculos que impedem que a população seja atendida com dignidade e fazem propostas para a melhoria do atendimento nas instituições que cada um representa. 

sidia_03.jpg

Música, teatro e dança são recursos usados para envolver os servidores nas atividades (Foto: Assessoria/SGA)

O diagnóstico do atendimento é elaborado e na sequência, os grupos constituídos em cada local de trabalho, definem um Plano de Ações e Medidas concretizáveis a curto prazo, atribuindo responsabilidades para cada integrante do grupo para colocá-las em prática e  monitorá-las. O processo de trabalho para a socialização da Política de Atendimento tem sido, desta maneira, uma atividade progressiva e intensa, dando possibilidades para que os atores do atendimento público possam aprofundar suas reflexões sobre as práticas do cotidiano.

Em 11 de agosto de 2009, o governo federal publicou o Decreto nº 6.932, definindo diretrizes para a simplificação do relacionamento entre estado e população . "Este instrumento é  bastante similar ao Decreto Estadual o que, para nós acreanos, é mais uma certeza de que estamos no caminho certo", diz Sídia Gomes, diretora de Organização em Centros de Atendimento da SGA.