acre é hexa

Acre é o primeiro estado a concluir os dados do Censo Escolar pela sexta vez consecutiva

Pela sexta vez consecutiva, o Acre é o primeiro e único estado a concluir, até o presente momento, o preenchimento dos dados referentes ao Censo Escolar. A informação foi repassada por Jelsoni Calixto, que é o coordenador do setor na Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE).

Em todo o estado existem 1.530 escolas, das quais 616 são da rede estadual de ensino. Outras 864 pertencem às vinte e duas redes municipais. Existem sete escolas federais no Acre, além de 43 instituições de ensino privado. São mais de 256 mil alunos, dos quais 144.427 pertencem à rede estadual.

De acordo com Jelsoni Calixto, o Censo Escolar possui duas fases: a coleta, concluída agora, e também a etapa situacional do aluno. “Na coleta são informados os dados dos alunos, professores, escolas, enfim, dados referentes a todas as escolas do Brasil”, informa.

Pela sexta vez consecutiva o Acre é o prmeiro Estado a entregar os dados do Censo Escolar. Foto: Mardilson Gomes/Arquivo SEE

Numa alusão à Copa do Mundo, que será realizada neste mês de novembro, no Qatar, diz que o Brasil está tentando ser hexa, mas que o censo escolar do Acre já conseguiu essa façanha. Os dados, segundo ele, já foram informados na plataforma Educacenso, ligada ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC).

“Esses dados são usados para fins estatísticos, mas principalmente para o repasse de todos os recursos da Educação, inclusive do Fundo Nacional de Educação Básica (Fundeb), que serve para pagar os salários dos servidores da educação do Estado”, afirma Jelsoni.

Ele lembra que assim como aconteceu em todos os estados do Brasil, o Acre também sofreu uma perda no número de alunos, mas foi uma perda proporcionalmente menor do que a média nacional. O Acre teve perda de 0,6% enquanto em nível nacional esses números ultrapassaram 1%.

“Assim como no restante do Brasil tivemos uma diminuição, mas foi uma perda menor, algo natural pelo período pós-pandêmico, mas esses dados a gente vai conseguir reverter. A busca ativa vai dar um jeito, vai fazer o seu trabalho, e vamos conseguir resgatar esses alunos para o próximo ano”, disse.