Dia Nacional da Doação de Órgãos será comemorado nesta quinta-feira

A Central de Notificação, Captação e Doações de Órgãos do Acre (CNCDO) aproveita a oportunidade em que se comemora o Dia Nacional da Doação de Órgãos e faz diversas atividades para chamar a atenção para a importância da doação.

A Central de Transplantes existe no Acre desde 2006 e até 2012 já realizou 38 transplantes de rim e 81 de córnea, 20 pessoas ainda esperam por um rim. Agora o Acre se prepara para realizar também o transplante de fígado, que deve começar a acontecer até o fim do ano.

Leia mais

Doar órgãos, doar amor, doar vida

O transplante de órgãos e tecidos é uma alternativa terapêutica segura e eficaz no tratamento de diversas doenças, determinando melhoria na qualidade e na perspectiva de vida. Quando um transplante é bem sucedido, uma vida é salva e com ele resgata-se também a saúde física e psicológica de toda a família envolvida com o paciente transplantado.

A doação de órgãos, além de um ato de solidariedade, é a oportunidade de salvar a vida de pessoas portadoras de doenças crônicas e que dependem de um transplante para sobreviver. A necessidade de conscientizar e envolver a população para reduzir o número de pessoas que esperam por um transplante motivou a Central de Transplantes a criar a Campanha “Seja um Doador de Órgãos. Seja um Doador de Vidas”.

“Sabemos que é um momento de difícil decisão para a família, mas, para ser um doador, basta a gente se colocar no lugar do outro, daquele que está precisando”, diz a gerente da Central de Transplantes, Regiane Ferrari.

No Brasil, o Sistema Único de Saúde (SUS) financia mais de 95% dos transplantes realizados e também subsidia os medicamentos para todos os pacientes.

O dia 27 de setembro foi escolhido porque é quando se comemora também o dia de Cosme e Damião, os irmãos médicos. Segundo a lenda, um sacristão teve uma das pernas amputadas, eles transplantaram a perna de um cadáver de uma pessoa negra e o sacristão passou a ter uma perna de cada cor. Trata-se de uma simbologia para mostrar que doação não tem cor ou credo. Doar órgãos é um ato de amor e solidariedade.

Programação

DATA 


ATIVIDADE


LOCAL


25 e 26/9       

 

Panfletagem pela manhã      

 

No sinal em frente a Biblioteca Pública

 

27/9 

 

 “Caminhada pela Vida”,

às 17 horas 

 

Concentração no Parque da Maternidade, próximo à Maternidade. Final no Terminal Urbano

 

27/9

 

Panfletagem e cadastro de

doadores de córneas pela manhã                                                                                                    

Concentração no Parque da Maternidade, próximo à Maternidade e termina na Assembléia Legislativa

27/9

 

Missa na Catedral 

 

19 horas

 

Outubro                                                 

Palestras na escolas Dias a confirmar

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter